Sobre auto-estima e padrões irreais - Feirinha Chic

Páginas

15 de novembro de 2015

Sobre auto-estima e padrões irreais

Vi uma foto esses dias nesses sites de fofoca que vocês conhecem bem e na hora comecei a pensar sobre padrão de beleza,sobre o quanto acreditamos que ser bonita,de acordo com o padrão estipulado pela mídia,é fundamental para felicidade ou coisa do gênero.

Sobre o quanto deixamos de investir em alguém por medo de rejeição ou por achar que não nos enquadramos no ideal de beleza que o outro possa ter.

A foto é do Bruno Ferrari(um dos atores mais gatos da TV na minha opinião) e da Paloma Duarte,sua atual esposa,juntos passeando em um shopping.
A Paloma tem 38 anos e está grávida do primeiro filho do casal.
Quando vi a foto inevitavelmente pensei:
"Olha lá, o Bruno todo lindo super feliz com a Paloma que não é linda,mas tá lá com o cara dos sonhos de muito it girl por aí."
Mas gente...quem falou que tem que ser it girl para namorar ou casar com um cara como o Bruno?
Porque razão a gente associa beleza a padrões tão irreais mesmo?

Não acho a  Paloma feia,tá?
Longe disso.

É uma mulher bonita só que normal,sabe?
Como eu...como você.
E na verdade como 90% de toda mulherada por aí.

Vamos combinar que com redes sociais como o Snapchat nós podemos perceber que mesmo as mulheres mais divas das capas de revista são bem gente como a gente sem maquiagem dia a dia.
Mas o bacana dessa história toda é que ela deve ser além de bonita,super interessante,inteligente,bem humorada...
E conquistou o galãzinho da TV.

Que já namorou mulheres lindíssimas by the way.
E isso é tãooo legal,né?
Legal porque resgata aquilo que realmente conta para atrair alguém:ser interessante!

Ser interessante é ser VOCÊ genuinamente.

É se gostar,se amar do jeito que você é mesmo...Exalar auto-confiança que é muito,mas muitoooo sexy.
O que eu estou querendo dizer pra você colega que ta aí solteira ou em crise com o espelho:por mais que atração física conte muito,não é perfeição que faz alguém se sentir atraído por você,é todo o conjunto.
É o interesse que você provoca no outro,e isso não está associado somente a um corpo ou rostinho perfeitos não.

Se cuidar é bacana,melhorar o que te incomoda é bacana também,mas acreditar que você não pode conquistar alguém só porque não tem o corpo da tal da Pugliesi ou o rosto perfeito da Gisele Bundchen,não só é absurdo como é MENTIRA.

Auto-confiança é interessante pra caramba e se o cara for interessante também, certamente a química vai rolar.
Falo isso porque sim,existe uns tipinhos por aí que só se permitem conhecer modelos e it girls,mas daí meu bem, é você que não quer um desses a tiracolo na sua vida.

No geral,ser você mesma,gostar de ser você mesma e deixar que os outros gostem de você mesma, já basta pra atrair um cara interessante.
E basta para ser bonita e feliz também,viu?!

Auto-estima é algo extremamente poderoso em qualquer situação e é um exercício contínuo.

Da próxima vez que você achar que não pode conquistar aquele cara que você tá afim ou que não pode mais atrair os olhares do seu marido porque ta com umas gordurinhas na barriga ou que não pode conquistar qualquer coisa que você queira,lembre-se que VOCÊ PODE SIM!

E isso não é auto-ajuda: é FATO.
É assim que a vida é.

Você sempre pode o que quiser se for interessante e se mostrar interessada.

Pensa nas pessoas que você mais admira :

Elas são perfeitas?
Imagino que não,mas com certeza elas tem características tão fortes que elas exalam personalidade,auto-confiança e claro se tornam interessantes para você.

E uma vez que alguém se torna interessante meu bem , ela talvez não saiba,mas é capaz de conquistar o mundo,ou quem ela bem entender.

Ando pensando muito sobre isso,sobre a força que a gente tem,mas fica anulando por padrões ou crenças externas.
auto estima
Faz sentido para vocês?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por tagarelar comigo!